Digital Creativity for Developing
Digital Maturity Future Skills

TEAM:

IDEActivity Center: 

Marita Canina (Project Coordinator),

Carmen Bruno,

Laura Anselmi.

CILab: 

Francesco Zurlo,

Gianluca Carella,

Mattia Italia

NECSTLab: 

Marco Santambrogio

O Politécnico de Milão é uma universidade científico-tecnológica fundada em 1863, que treina engenheiros, arquitetos e designers. O Departamento de Design foi criado em 2013 a partir do InDACo (Design Industrial, Artes, Comunicação e Moda). O 2021 QS World University Rankings classificou o Politecnico di Milano em 5º lugar no mundo, em terceiro na Europa e em primeiro na Itália na área de Arte e Design.
Nos últimos anos, o Departamento de Design passou a representar o maior departamento de design da Itália, rivalizando com centros de excelência em nível internacional. Realiza pesquisas e fornece serviços de treino e consultoria em áreas que vão desde o design intangível até artefatos concretos. O Departamento de Design é experiente em consórcios de projetos de investigação e traz excelentes competências na introdução de inovação habilitada pelo design em diversos contextos, sendo um líder mundial no avanço do conhecimento de design e na exploração e abertura de novos campos de atividade, como a introdução de métodos de design e ferramentas nos domínios dos serviços, inovação social, estratégias de negócios e modelagem de negócios.

O Politécnico de Milão participa no DC4DM como líder do projeto por meio da cooperação de três grupos de pesquisa coordenados pela Prof. Marita Canina – IDEActivity Center.
O IDEActivity Center (Departamento de Design) é o Centro de Excelência em Criatividade e Design do Politécnico de Milão. O núcleo de investigação dedica-se ao desenvolvimento de métodos orientados para a criatividade – centrados na sinergia entre técnicas de criatividade e ferramentas de design – que permitem ações colaborativas que visam a identificação e resolução de problemas através do envolvimento direto dos utilizadores. Um foco específico é dedicado a entender como o cenário atual da evolução digital está influenciando o processo de design criativo. Na verdade, o centro desenvolveu a primeira versão teórica do modelo Criatividade Digital para Maturidade Digital que visa capacitar as habilidades criativas humanas para orientar a aplicação estratégica de tecnologias digitais emergentes – para criar soluções digitais inovadoras – em qualquer campo de aplicação, impulsionando a inovação .
O CI.Lab (Departamento de Design) tem experiência e capacidades amadurecidas no desenvolvimento e gestão de processos de criatividade através do envolvimento e gestão de diversos projetos que tratam do desenvolvimento de metodologias e ferramentas de promoção do empreendedorismo, TIC e criatividade.
NECSTLab (Dept DEIB) com experiência nas áreas de computação reconfigurável, sistemas autoconscientes e autónomos, co-design de hardware / software, sistemas embebidos e/ou processadores e sistemas de alto desempenho irá fornecer orientação durante a implementação do modelo.

TEAM: 

David Delafosse, 

Andra Oprisan, 

Xavier Serpaggi, 

Michaël André, 

Hubert Taxil

Fundada em 1816, a Mines Saint-Etienne é a mais antiga escola de engenharia de elite francesa fora de Paris, parte do Instituto Mines – Telecom, o grupo nº 1 de escolas de graduação em engenharia e administração da França. Com 2400 alunos, 25% dos quais internacionais, 400 funcionários, 140 professores, 8M € de contratos de investigação por ano e 5 bolsas ERC , é uma escola altamente internacional de pós-graduação em ciências da engenharia e gestão que combina human-size, com rácios altos de pessoal-aluno e pessoal- corpo docente, com proximidade com a indústria e excelência académica. O Times Higher Education a classifica como a instituição nº 1 em Engenharia e Tecnologia nas duas regiões às quais pertence: Auvergne Rhone-Alpes e Provence Alpes Côte d’Azur (Top 250 do mundo em 2020). Os dois Campus da Mines Saint-Etienne estão localizados no coração de duas grandes áreas metropolitanas francesas e regiões económicas: Saint-Etienne na área metropolitana de Lyon Saint-Etienne e região Auvergne Rhone-Alpes, e Gardanne na área metropolitana de Aix Marseille e Provence Alpes Região Cote d’Azur.

Mines Saint-Etienne participa no projeto DC4DM como parceira de ensino superior, particularmente fornecendo uma experiência de dez anos com workshops internacionais de inovação multidisciplinar para alunos internacionais altamente motivados e selecionados. Co-projetada com universidades parceiras do Reino Unido, Itália e EUA, a atividade “L*unchBox Workshop” tem sido experimentada ao longo dos anos por estudantes graduados em estratégia de inovação, design de produto e serviço e engenharia abrangendo mais de 40 nacionalidades. Mines Saint-Etienne também tem quatro anos de experiência na disseminação de técnicas e métodos experimentais neste contexto altamente focado para um público mais amplo de estudantes de engenharia e grupos de várias centenas de alunos (atividade “Dynamo Days” em Mines Saint-Etienne e Atividades de “interrupção do campus” na escala da rede IMT).

TEAM: 

Department of Art & Design: 

Valentina Vezzani, 

Elisa Bertolotti

Shujoy Chakraborty 

School of Technology and Management: 

Eduardo Leite 

ISOPlexis Centre Sustainable Agriculture and Food Technology: 

Vanda Pereira, 

Anna Pereira  

Department of Computer Engineering: 

Pedro Campos, 

Frederica Gonçalves 

A Universidade da Madeira (UMa) é uma universidade do estado, fundada em 1988 na Ilha da Madeira, Portugal. A UMa está organizada em 4 faculdades – Ciências Exatas e Engenharia, Ciências da Vida, Ciências Sociais, Artes e Humanidades – e 2 escolas – Escola Superior de Saúde e Escola Superior de Tecnologia e Gestão. Apesar de estar localizada numa área periférica da Europa, a UMa é uma universidade internacional que visa alcançar a excelência através da educação, pesquisa e serviço às comunidades regionais, nacionais e internacionais. A UMa promove a investigação científica e cultural aplicada, potenciando a sua capacidade de estabelecer parcerias estratégicas com empresas e universidades internacionais. A investigação científica diz respeito a Artes e Humanidades, Educação, Vida, Ciências da Terra e do Ambiente, Matemática, Ciências Físicas e de Engenharia e Ciências Sociais, e tem recebido apoio financeiro da FCT / FEDER e da Comunidade Europeia através de projectos internacionais INTERREG.
No contexto de uma pequena ilha, a comunidade académica local, desempenha o papel e o dever de preparar as mentes dos jovens, e apoiar as empresas locais no desenvolvimento de habilidades e estratégias para responder aos desafios ambientais, sociais e económicos atuais e futuros. A Ilha da Madeira necessita de plataformas e métodos mais colaborativos e interdisciplinares para idealizar, testar, implementar e expandir as inovações que podem contribuir para o seu desenvolvimento sustentável. Do turismo à produção e distribuição de alimentos, da manufatura à construção, do monitoramento dos recursos naturais aos serviços públicos e à educação, as tecnologias digitais podem desempenhar um papel muito importante neste pequeno território periférico. Onde os recursos são limitados, onde o equilíbrio entre a oferta de recursos naturais e as necessidades humanas está sob constante ameaça, é necessário preparar futuros designers e empreendedores com a mentalidade certa, capacidade de colaborar e gerar futuros sistemas sustentáveis e regenerativos que possam beneficiar não apenas os indivíduos e a economia local, mas especialmente o meio ambiente e a sociedade que com ela se relaciona. A Universidade da Madeira participa no projeto DC4DM como parceiro de ensino superior trazendo uma variedade de conhecimentos da área de design thinking e inovação, TI, empreendedorismo e gestão, bioeconomia e desenvolvimento sustentável.

TEAM: 

Jacques Fayolle

Christophe Gravier

Fabien Labarthe, 

Loïc Etiembre

Anne-Claire Legrand Bayard

Bérenger Lacombe

Télécom Saint-Etienne é a escola de engenharia da Universidade de Jean Monnet em Saint-Etienne, e uma escola afiliada do Instituto Mines Télécom. É credenciada pela comissão nacional francesa de graus de engenharia para conferir um diploma de engenharia (Diploma de Engenheiro) em telecomunicações. O currículo de engenharia requer 3 anos de estudo para obter o diploma de nível de mestre. A escola oferece um currículo básico no primeiro ano e, em seguida, 9 cursos especializados no segundo e terceiro ano do currículo de engenharia, incluindo ciência da computação, telecomunicações, redes de computadores, eletrónica, óptica e processamento de imagens. O corpo docente é composto por 48 docentes permanentes: 33 docentes / investigador efetivo (23 docentes associados e 10 docentes), 5 docentes destacados do colégio e 10 docentes com vínculo efetivo em regime de tempo integral. Uma equipa administrativa e técnica de 26 pessoas apoia os professores. As atividades pedagógicas envolvem mais de 700 alunos: 585 alunos de mestrado em engenharia (Francesas “Grandes Ecoles”) e 148 em outro currículo (principalmente mestrado em design e comunicação e desenvolvimento web). A escola é apoiada por três laboratórios de pesquisa: Hubert Curien (UMR CNRS 5516), Instituto Camille Jordan (UMR CNRS 5208) e o Laboratório ELICO (EA 4147). Participa do Instituto Francês Carnot Télécoms e da Sociedade Digital graças à qualidade de sua parceria de investigação com o setor privado.

A Télécom Saint-Etienne participa no projeto DC4DM como parceira HE. Alavanca a sua experiência em atividades de laboratórios de aprendizagem e em interações de PMEs para fomentar e promover a criatividade digital. Em primeiro lugar, o laboratório de aprendizagem Télécom Saint-Etienne – denominado IRAM – é um local de interação e transdisciplinaridade entre Humanidades e Ciências Sociais e Engenharia e tecnologia. Os seus principais campos de aplicação são a cultura, a educação, a saúde, e as empresas de TI. O laboratório de aprendizagem tem como objetivo trazer a criatividade e os processos de pensamento de design ao núcleo dos currículos de engenharia e ajudar os profissionais e alunos a entender melhor o que envolve estes processos e as questões da era digital. Em segundo lugar, a escola também iniciou com a Centrale Lyon e a Escola de Megócios EMLyon uma rede internacional de laboratórios de aprendizagem desde 2014. Combina mais de cem laboratórios de aprendizagem, principalmente na França, mas também na Bélgica, Canadá e Marrocos. Em segundo lugar, a experiência da Télécom Saint-Etienne reflete-se nas suas interações com o setor privado, formado principalmente por PMEs na nossa região. Essas PMEs estão estruturadas num cluster denominado Liga Digital (mais de 100 empresas) na área de mercado digital. Essas interações também partem da incubadora “La Base” – Télécom Saint-Etienne.

TEAM: 

Liliana Barbosa Pimenta – CFO  

Diva Velosa Pita – Project Manager 

André Nóbrega – Project Assistant

Fundada em 1997, a Startup Madeira tem a missão de servir de instrumento de desenvolvimento regional apoiando os empreendedores na implementação do seu projeto empresarial inovador na Região Autónoma da Madeira, desde a fase inicial até à fase de desenvolvimento e expansão, proporcionando um ambiente favorável ao empreendedorismo, nomeadamente nos mais jovens, e agindo como um facilitador e ponto de contacto central de um ecossistema empreendedor.
A equipa multidisciplinar do Startup Madeira presta consultoria, coaching e mentoring através dos inúmeros programas, eventos e atividades. Oferece programas de aceleração de startups, reúne empreendedores, nacionais e estrangeiros, e auxilia por meio de incubadora física, escritório virtual e espaço de trabalho.
A Startup Madeira é membro da EBN, o que lhe permite prestar apoios adicionais no desenvolvimento de projetos inovadores, tais como: exportação para outros mercados, internacionalização / cooperação transnacional, troca de experiências, transferência de know-how e tecnologia, bem como contactos com outras empresas apoiadas pelos centros de inovação. Contribui também para uma ligação eficiente e rápida com outros programas e entidades vinculadas à União Europeia.
A Startup Madeira está participando no projeto DC4DM como uma PME orientada para a tecnologia, em particular, fornecendo a seguinte experiência e tipos de especialização.
– internacionalização / cooperação transnacional, troca de experiências, transferência de know-how e tecnologia, bem como contactos com outras empresas apoiadas pelos centros. Contribui também para uma ligação rápida e eficiente com outros programas e entidades ligados à UE.
– apoiar, ajudando a criar condições que favoreçam o aparecimento de micro / pequenas empresas, dando vida ao empreendedorismo, à modernização e à inovação empresarial. 40 empresas acompanhadas mensalmente pelo Startup Madeira e cerca de 280 empresas apoiadas diretamente.
– Tem participado em vários projetos transnacionais em programas; tem experiência anterior na execução de projetos de intercâmbio de mobilidade: participou em 4 concursos do Eramus para Jovens Empreendedores; tem vários anos de experiência na promoção de um programa de educação para o empreendedorismo nas escolas; dinamiza programas de apoio a empreendedores e projetos locais.

Digital Creativity for developing

Digital Maturity future skills

Project Ref: 2020-1-IT02-KA203-079913

The European Commission’s support for the production of this website and included publications do not constitute an endorsement of the contents, which reflect the views only of the authors, and the Commission cannot be held responsible for any use which may be made of the information contained therein.